My April Tasks

Big image

Spiritual - A Mulher de Ló

Nesse mês eu fiquei pensando muito sobre alguns pontos que me chamaram a atenção.


* Ela se tornou uma estátua;


-Muitas vezes eu me "garanto" que por está no altar, fazendo um monte de coisas estou protegida disso e não é verdade. Foi simplesmente um relance de olhar; uma viradinha que ela deu foi suficiente para determinar o futuro dela. Deus me mostrou que eu posso ser fiel e direitinha por toda minha vida, mas no dia em que eu me virar, já era...perco minha visão e paro de crescer.


* A estátua ocupa um lugar (um espaço) por um tempo.


- Eu parei para pensar e percebi que as vezes eu fico apenas ocupando um espaço de auxiliadora, mas não cumpro meu papel como devia. Meu esposo tem tantas responsabilidades, ele se esforça de todas as maneiras e as vezes eu não faço parte das lutas e conquistas dele como eu tinha que fazer.

Dna Flavia, eu tenho achado dificuldade para me organizar e incluir as responsabilidades do meu esposo (que são minhas também) no meu schedule.

Aqui em Kilburn eu tenho tantas pessoas/obreiras para ajudar, coisas para fazer, limpar, cuidar, achar solução, reorganizar plus as coisas que são minha responsabilidade somente. Eu amo ter o privilégio de ajudar e servir a Jesus, mas confesso que me sinto frustrada as vezes quando deixo coisas de lado.


A Narlet e eu temos procurado dividir as responsabilidades e estamos nos organizando para fazer um schedule para ficarmos na recepção, ajudá-los na Igreja, cozinharmos e nos tornarmos mais profitables.

Eu não aceito ter nome de Esposa De Pastor, mas ser um zero a esquerda em relação a algumas coisas na Obra. Eu preciso de direção para me tornar mais eficiente e obediente à direção de Deus. Quero fazer parte da vida dele, dos desafios e creio que fazendo assim estarei fazendo o oposto da mulher de Ló, vou obedecer a Palavra de Deus.


Uma outra experiência minha também foi que esse mês meu esposo anda um pouco mais agitado, diria até nervoso e não estava entendendo o porque. Tudo que ele pedia pra eu fazer e que eu perguntasse mais de uma vez como fazia ou demorasse a fazer ele brigava comigo. E eu ficava me perguntando..."por que, meu Deus?! Porque ele está ruim pra mim?!". Eu achava que estava arrebentando, ajudando e tudo mais, contudo, o que eu enxerguei foi que nem sempre minha oferta tem sido aceita diante de Deus. Muitas vezes eu tenho sido egoísta, emotiva, orgulhosa,...

Quando eu parei para pensar e analisar as coisas, consegui perceber o que realmente estava acontecendo: meu esposo estava estressado por causa da situação da Igreja, do povo, dos obreiros, enfim, ele tem carregado uma grande responsabilidade e eu não estava auxiliando (e ainda não consegui ficar do jeito que é preciso).

Quando a gente não está no espírito, não entende as coisas, se torna egoísta e eu vi que estava sendo assim.


Agora eu tenho procurado ver o que ele precisa mais, me organizar de forma a ser mais útil e mesmo quando ele chama minha atenção eu consigo entender as coisas melhor. Na verdade, desde de que eu comecei a entendê-lo, ele deixou de ficar agitado e impaciente e tem conseguido se focar mais no trabalho.


Friends Like Sisters

Nesse mês eu tive a Lynninha e a Que-quel como FLS. Foi muito gostoso porque eu gastei mais tempo conversando com elas e na verdade, nem foi muito pela tarefa, nós simplesmente sentávamos e conversávamos.


Com a Que-quel conversei sobre a família, já que ela tem passado hard times com o sogro doente, mas o meu propósito de oração foi pela vida espiritual dela.


Com a Lynninha tem sido muito gostoso também, principalmente porque eu morei com ela na Irlanda e depois de alguns anos voltamos a morar "juntas". Tenho aprendido muuuuito com ela e orado para que ela seja uma esposa melhor, já que ela sente a necessidade de ser mais auxiliadora para o Pr.

Tarefa Pessoal

Big image

Ser mais auxiliar para o meu esposo.

Eu vejo a necessidade de ajudá-lo mais e por isso tenho buscado ver qual são as necessidades dele e percebo que meu esposo ama e admira muito quando eu fico pertinho dele ou quando eu mostro uma atitude imediata quando ele me pede algo. Aqui em Kilburn estamos fazendo um schedule para trabalharmos juntos e percebo que ele adora quando eu desço e fico com ele cedinho ou quando eu trago um cafezinho quando ele não espera.

Ele também está feliz porque eu tenho trabalhado de pertinho com as mulheres da Igreja. Criei uma reunião logo depois do Domingo de manhã. São uns 20 minutinhos e nós temos alcançado a grande maioria das mulheres da Igreja.

Vou continuar nesse trabalho e quero melhorar muito mais nas próximas semanas...



V-Woman Book

Big image
Consegui vender os livros do V Woman, mas a gente continua trabalhando porque muitas mulheres aqui ainda não tinham lido o livro, então eu tenho usado essa reunião semanal para sempre ler um pouco, dar uns tasks e já têm senhoras vindo até a mim dizendo que comprou o livro e que aproveita cada minutinho livre durante o dia para pegar o livro e continuar lendo.