Direitos Humanos

Violação dos Direitos Humanos

ARTIGO 3

O artigo em questão possui direitos fundamentais à pessoa humana. Os conceitos desses direitos são bastante amplos, primeiro o artigo demonstra que "Todo indivíduo tem direito". Isso mostra que qualquer pessoa, independentemente da sua qualificação, raça, cor, sexo, condição social, entre outros qualitativos, é titular desses direitos. Para isso, basta ser pessoa humana. Segundo, "á vida". Trata-se do direito fundamental à vida, ou seja, a condição de permanecer vivo, de ter protegido pelos Estados a sua vida contra qualquer ação de terceiros (inclusive do próprio Estado). Alguns autores amplificam este sentido para o direito a uma vida digna, ou seja, não basta ser vivo. Terceiro, "á liberdade". Outro direito fundamental, ou seja, o direito a liberdade. Não se trata apenas da liberdade de ir e vir, ou seja, de locomoção,trata-se ainda das demais liberdades, como por exemplo a liberdade de expressão, liberdade de pensamento, liberdade de opinião, liberdade de reunião. Finalmente, "direito á segurança pessoal". Fundamentalmente ligado à idéia de integridade física. Garante-se a a integridade física do ser humano e com isso fica banida a idéia de tortura física. Junto a isso, poderíamos incluir ainda a idéia de segurança pública, proteção contra assaltos, contra a violência doméstica ou qualquer violência contra a pessoa.
Hoje em dia basta ligarmos a televisão em qualquer noticiário, abrirmos os jornais, nas capas de revistas, constataremos que a violência é crescente, e que nunca, na história da humanidade, tais direitos foram tão desrespeitados. Como por exemplo :

"Estima–se que 6500 pessoas foram mortas em combate armado no Afeganistão em 2007, quase a metade delas foram mortes de civis não combatentes nas mãos de insurgentes. Centenas de civis também foram mortos em ataques suicidas por grupos armados."

"No Brasil em 2007, conforme os números oficiais a polícia matou pelo menos 1260 pessoas, o total mais elevado até à data. Todos os incidentes foram qualificados oficialmente como “atos de resistência” e receberam pouca ou nenhuma investigação."

"No Uganda, 1500 pessoas morrem a cada semana nos acampamentos de pessoas internamente refugiadas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 500.000 morreram nestes acampamentos."

"As autoridades vietnamitas levaram à força pelo menos 75.000 dependentes de drogas e prostitutas para 71 acampamentos de “reabilitação” superlotados, qualificando os detidos como “de alto risco” de contrair HIV/SIDA, mas sem prover nenhum tratamento."

Devido ao fato de muitos direitos humanos não serem respeitados, meu grupo, e não só meu grupo devem protestar se manifestar para ter esses direito, devemos usar a força do povo para que o governo cumpra esses direitos, devemos exigir a punição para aqueles que violam tais direitos, devemos sempre buscar uma sociedade onde todos tenham o direito de viver, sem ter seus direitos violados.

Caso os direitos fossem devidamente cumpridos as pessoas iam poder se expressar livremente sem repressão, poder andar mais tranquilos na ruas, pois iam ter a segurança garantida. Todos iam poder seguir a religião que quiserem, pensarem o que quiserem, ou seja, caso os direitos humanos fossem cumpridos a sociedade ia ser muito mas harmoniosa, pois todos iam ter seus direitos assegurados. E com isso todos iam viver muito melhor, pois ao sair de casa iam ficar tranquilos, porque não iam sofrer preconceito, poderiam se expressar livremente e não iam sofrer repressões , e não teria tanta violência, e consequentemente não teria tanto trafico e uso de drogas.

A cooperação é um dos fatores mais importantes para fazer valer o cumprimento dos direitos humanos, pois se uma ajuda o outro, que ajuda o outro, ou seja formando teias cooperativas tudo fica mais fácil, pois tudo com ajuda é melhor. E hoje por exemplo temos um claro exemplo de cooperação que são as manifestações no Brasil, para garantir os direitos da sociedade, e isso vem fazendo efeito graças ao tanto de pessoas que estão se ajudando, ou seja, batalhando pela mesma causa.

Felipe Façanha 10, Daniel Amorim 7, Filipe Prescott 11, Kaue 24, Gabriel Leão 13, Vinicius Costa 43


Quadro Comparativo: Direitos Humanos e Artigo 5º

Pré Projeto

Nesse trabalho temos o desejo de mostrar e conscientizar as pessoas de que a segurança é um direito fundamental e que deve ser ofertado pelo o governo, e mostrar também a importância dela na vida das pessoas, pois existem lugares onde a o sistema de segurança é muito precário trazendo desconforto e medo


Proporcionar à sociedade no contexto da violência , oportunizando caminhos para entender o papel individual, coletivo e governamental que garantem melhoria na segurança


1. Evitar se colocar em situações de risco, cuidando da sua própria segurança

2. Mostrar a necessidade de se preocupar com a segurança do outro , uma vez que essa questão pode trazer consequências positivas individuais

3.Contratar profissionais mais eficientes e mais qualificados para melhorar a segurança pública


Fazer campanhas em relação a segurança pública, divulgando em redes sociais, utilizando imagens, videos e texto.


Campanha Violência Doméstica Maristão 1 A
FELIPE FAÇANHA 10,VINICIUS 43, DANIEL 7, KAUE 24, GABRIEL LEAO 13, FILIPE PRESCOTT 11