RACISMO ZERO

0

Direitos humanos & Cidadania


Referente ao artigo 4 da declaração de direitos humanos. Devido a escassa fiscalização voltada a escravidão, tráfico de pessoas e a condição de maus tratos ou execução de tarefas de maneira obrigatória em alguns locais, tanto no Brasil como em muitos outros do mundo. tem-se em alguns ambientes locais mais fáceis de comércio de indivíduos, do que outros. Quando não se trata de trabalho e sim abuso e exploração. Contrariamente ao que muitos pensam, atualmente tem-se milhares de escravos por todo o mundo. Ocorre-se então diversos tipos de violação aos direitos básicos do cidadão. Tais como a violação básica do Artigo 4 da constituição mais comum no Brasil, um dos casos é o trabalho forçado de crianças e adolescentes, onde além de infringirem a lei do ECA, onde, não é permitida o trabalho infanto juvenil, obriga crianças principalmente de renda baixa a trabalharem mais de 7 horas por dia, sem recompensa. Chegamos ao bem comum de que não é possível por fim as violações. O que pode ocorrer é uma brusca diminuição delas. Por meio da conscientização dos cidadãos perante a lei. Estabelecemos que: a recuperação da confiança entre a relação sociedade, justiça e governo; a promoção da solidariedade social; O reconhecimento de que houve violação dos direitos humanos; São atitudes que promoveriam essa diminuição de violação. Caso a declaração dos direitos humanos fosse conhecida/cumprida por todos os cidadãos, o que impossivelmente viria a acontecer pelo simples motivo de termos 6 bilhões de pessoas no mundo, com visões, cultura e pensamento distintos uma das outras. O mundo seria mais harmônico, mais desenvolvido no sentido econômico, político, social e cultura. E a cidadania das pessoas promoveria o melhor desenvolvimento da sociedade e dos cidadãos tanto como um bem individual como coletivo. Neste, não haveria de usar-se máscaras e escudos para esconder seu pensamento, sua expressão nem seu modo de pensar. O lema seria: Respeitando e sendo respeitados,
todos se ajudando e sendo ajudados,
todos se amando e sendo amados. Como diz-se ''gentileza gera gentileza, educação gera educação, violência gera... [...]''. Se os cidadãos fizessem por onde para alcançar o respeito, o direito real à liberdade teriam de cumprir as leis que tornam esse objetivo possível. Teriam de protestar, tornar real o que supostamente deve de ser cumprido por lei. Por esses aspectos é de grande importância a valorização do cidadão perante a lei que deve ser cumprida e respeitada para termos um mundo onde igualdade e consciência caminham juntas.







RACISMO ZERO


MATÉRIA:

Português

ESPECÍFICA:

‘’Texto base a partir de um inciso do artigo 5’’.

PROFESSOR:

Gilmar Félix

JUSTIFICATIVA

Com esse trabalho temos o intuito de promover de maneira plena o direito do cidadão que se encontra no artigo 5 inciso XLI e XLII. Com o desígnio de melhor consciencitizar os povos em relacao a igualdade. Sem discriminação individual, racial, étnica, incluindo exclusão dedistinção nacional de cor ou descendência.

OBJETIVO GERAL

Ampliar, fortalecer e promover ações nacionais para assegurar que as pessoas de qualquer raça ou origem usem plenamente de direitos econômicos, culturais, sociais, civis e políticos.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Conscientizar pessoas que sofreram racismo para que essas possuam direitos garantidos segundo a constituição.

Diminuir a alta taixa de discriminação nas áreas sociais viabilizando melhora de vida em aspectos gerais.

ESTRATÉGIA DE ELABORAÇÃO

Divulgar por meio de redes sociais. Entrar em contato com pessoas que entendam do assunto, de maneira que colaborem com a divulgação da campanha.

Apresentar slogans, logotipos. Incentivar a luta contra o racismo.


Campanha contra o RACISMO

Vídeo. Campanha contra racismo

#eutenhoumsonho

#brasilsemracismo

#juntoscomoirmaos

André Radusewsky

Davi de Oliveira Gomes

Dallet Louise Rabello

Gabriela de Faria

Vinícius Augusto