Basquetebol

O basquetebol e sua relação com a tecnologia da informção.

Componentes

Bruna Dias 07, Cecília Cabral 14, Gabriela França 19, Letícia Tarragó 31, Luana Ferreira 33, Mateus Teles 38, Vitor Cardoso 46.
Big image

Análise Final

Nosso grupo observou que houveram algumas melhorias diante dos arremessos. O número de conversões da Luana diminuiu mas todos os seus arremessos chegaram perto da conversão, ela jogou com força utilizando apenas uma mão e flexionou os joelhos e o braço, manteve-se atrás da linha. O número de conversões da Cecilia aumentou, ela conseguiu atingir as mesmas coisas que Luana porém manteve um pé sempre a frente do outro e focou-se mais na mira. Já com o Mateus suas conversões se manteram, ele repetiu o erro de não colocar um pé na frente do outro e faltou um pouco de flexão do braço além do que dessa vez ele utilizou as duas mãos para realizar alguns de seus arremessos.

As maiores dificuldades encontradas entre os alunos que executaram os arremessos foram problemas em medir a força, equilíbrio antes do arremesso e a mira.

Observamos que a tecnologia pode sim melhorar no desempenho das pessoas nos esportes, pois através das fotos e vídeos percebemos que alguns posicionamentos como uma perna mais a frente da outra, flexão dos joelhos para obter impulso ou a maneira como a pessoa realiza o lançamento da bola podem ajudar em seu desempenho. Nós não teríamos observado os erros sem a ajuda da tecnologia.

Análise dos primeiros arremessos

Apenas o Mateus obteve bons resultados ao realizar seus arremessos, feitos com apenas uma mão. A força que ele aplicou na bola, o equilibro do corpo e a flexão dos joelhos favoreceu seus lançamentos, porém algumas vezes houve desequilíbrio e ele ultrapassou a linha. Cecília não conseguiu acertar nenhum de seus arremessos, observamos que houve falta de equilíbrio ao arremessar, e o posicionamento dos pés não estava correto, algumas vezes ela não colocava um pé na frente, ultrapassava a linha e não flexionava os joelhos. Os lançamentos foram feitos com apenas uma mão mas faltou um pouco de força. Luana conseguiu fazer uma cesta, mas assim como Cecília e Mateus, ultrapassava a linha as vezes e o faltou equilíbrio e força. Alguns dos arremessos dela foram feitos com duas mãos e faltou a flexão dos joelhos de vez em quando. Observamos que os erros cometidos se devem a desequilíbrios corporais, falta de flexão dos joelhos, falta de força e ultrapassamento da linha, os jogadores também devem analisar melhor o alvo, mirar corretamente e ter uma maior chance de acertar a cesta.

Basquetebol

Passando por diversas alterações em mais de um século, o basquete mostra-se um dos principais esportes da atualidade.

Quando surgiu, com certeza colaborou para mudar as concepções de esportes coletivos. Os Estados Unidos, tão acostumados com o seu futebol, excessivamente violento ganhou um esporte com várias regras e consequentemente, mais pacífico.

Além de inovar no seu país natal, também trouxe inovações para o Brasil, que por sua vez também estava acostumado com o futebol que havia sido trazido da Inglaterra em 1984 por Charles Miller e se tornado a febre dos homens.

O basquete iniciou mais do que um esporte, iniciou um estilo de vida, influenciando culturas, estilos de vida e até músicas.

Tecnologia da informação

No início, os computadores eram tidos apenas como "máquinas gigantes" que tornavam possível a automatização de determinadas tarefas em instituições de ensino/pesquisa, grandes empresas e nos meios governamentais. Com o avanço tecnológico, tais máquinas começaram a perder espaço para equipamentos cada vez menores, mais poderosos e mais confiáveis. Como se não bastasse, a evolução das telecomunicações permitiu que, aos poucos, os computadores passassem a se comunicar, mesmo estando em lugares muito distantes geograficamente.

Mas perceba que, desde as máquinas mais remotas e modestas até os computadores mais recentes e avançados, o trabalho com a informação sempre foi o centro de tudo.

A Tecnologia da Informação (TI) pode ser definida como o conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação que visam permitir o armazenamento, o acesso e o uso das informações. Na verdade, as aplicações para TI são tantas - estão ligadas às mais diversas áreas - que há várias definições para a expressão e nenhuma delas consegue determiná-la por completo.

A relação entre o basquetebol e a tecnologia da informação

Atualmente, é possível observar que de acordo com a realidade em que vivemos, torna-se cada vez mais necessário o uso de uma forte e competente estrutura de tecnologia da informação para trabalhar o marketing no esportivo.

No entanto, ao contrário do meio corporativo, onde a TI encontra-se num estágio extremamente avançado, no esporte brasileiro ainda há muito a ser desenvolvido nesse aspecto, tanto nas confederações como nos clubes brasileiros.

No caso do basquetebol: Existem milhares de possibilidades de registros em um jogo, que, quando parametrizados com dados históricos, permitem variadas oportunidades de comunicação em tempo real e, consequentemente, mobilização.
Além de auxiliar a comissão técnica no que diz respeito ao desempenho esportivo e físico dos atletas, uma boa área de TI consegue municiar de informações outras áreas do clube/confederação.

Portanto, a partir dos dados apresentados, conclui-se que o uso das TI nos esportes como o basquetebol, é imprescindível para que haja consideráveis desenvolvimentos em sua área.

Basquetebol - Parte 1
Basquetebol - Parte 2