IATROQUÍMICA

Paracelsus

Pseudônimo de Phillipus Aureolus Theophrastus Bombastus von Hohenheim, foi um médico, alquimista, físico, astrólogo e ocultista suíço-alemão.

Nascimento: 17 de dezembro de 1493, Einsiedeln, Suíça.

Falecimento: 24 de setembro de 1541, Salzburgo, Áustria.

Obras: O SETIMO LIVRO SUPREMO DE ENSINAMENTOS MAGICOS,as plantas magicas.

Educação: Universidade de Ferrara, Universidade de Basileia,Universidade de Viena.

Surgida sob os punhos de Paracelsus e organizada sob a mente de Van Helmont, a iatroquímica reinou absoluta durante o século XVII, até a introdução das idéias iatromecânicas de caráter oposto à iatroquímica.

As idéias da iatroquímica eram carregadas de um cunho sobrenatural e influenciadas pelos galenistas. A iatroquímica era como se fosse um braço da alquimia. Segundo a alquimia era possível transforma qualquer metal em ouro, ou seja, “a transmutação pela pedra filosofal” e a busca do elixir da longa vida. Procurar o processo que permitiria tal proeza fez com que muitos alquimistas realizassem experiências sem critérios científicos bem estabelecidos, sem um método, o que gerou uma grande quantidade de resultados que não atingiram o objetivo da transmutação. Com tantos experimentos, muitas novas substâncias químicas foram descobertas, o que incentivou seu uso no tratamento de doenças, exatamente o que era pregado pela iatroquímica.


TRIA PRIMA

Acreditava-se que todas as coisas eram formadas pela TRIA PRIMA, Compostas por três princípios O enxofre "a capacidade de combustão", O sal "a característica da solidez" e o mercúrio "a volatilidade"As características eram determinadas segundo as quantidades desses três princípios e cada material, inclusive o homem, possuía uma quantidade específica dos princípios. As doenças e anomalias existentes eram resultado do desequilíbrio desses princípios, e para sanar o problema eram administradas doses certas substâncias como o mercúrio, o iodo, o enxofre, o arsênio, etc.



Experimentos de parecelsus

Paracelso passou, ele mesmo, a fazer esses remédios em sua “cozinha” e os distribuiu aos doentes e necessitados. Ele deu então início à indústria de medicamentos oriundos de extratos vegetais e minerais.


Experimentos de Paracelso y Van Helmont.avi