Métodos contraceptivos

Gabriel Lago e Victor Tenório

Planejamento familiar

  • Planejamento Familiar é um conjunto de ações que auxiliam homens e mulheres a planejar a chegada dos filhos, e também a prevenir gravidez indesejada. Todas as pessoas possuem o direito de decidir se terão ou não filhos, e o Estado tem o dever de oferecer acesso a recursos informativos, educacionais, técnicos e científicos que assegurem a prática do planejamento familiar.
  • O Estado Brasileiro, desde 1998, possui medidas que auxiliam no planejamento, como a distribuição gratuita de métodos anticoncepcionais. Já em 2007, foi criada a Política Nacional de Planejamento Familiar, que incluiu a distribuição de camisinhas, e a venda de anticoncepcionais, além de expandir as ações educativas sobre a saúde sexual e a saúde reprodutiva.
  • Acho que o planejamento familiar é muito importante para que as famílias possam planejar a chegada de seu filho.Pois sabemos que a chegada de um filho pode trazer gastos.

Oque são?

Os métodos contraceptivos são utilizados por pessoas que têm vida sexual ativa e querem evitar uma gravidez. Além disso, a camisinha, por exemplo, protege de doenças sexualmente transmissíveis (DST).

Metodos

-Tabelinha

- Camisinha

- Diafragma

- Esponjas

- Espermicidas; Contraceptivos orais

- Contraceptivos injetáveis

- Implantes

- Anel vaginal

- Adesivos cutâneos

- Contracepção de emergência (pílula do dia seguinte)

Vantagens e desvantagrens

Tabelinha

Vantagens deste método contraceptivo

  • Não é necessário utilizar outro tipo de método de contracepção.
  • Este método permite à mulher conhecer bem os seus períodos de menstruação e fertilidade.

Não apresenta efeitos secundários.

Desvantagens deste método contraceptivo

  • Não é um método contraceptivo eficaz.
  • Não protege das doenças sexualmente transmissíveis.
  • Exige disciplina nas anotações mensais de seu ciclo menstrual.
  • Não podem havem relações sexuais com penetração nos dias férteis.


Camisinha

Vantagens

  • É o único anticoncepcional que previne a gravidez e as DSTs, se usada corretamente tem uma eficácia de até 98% na prevenção a gravidez.
Desvantagens

  • Se usada de forma errada pode acontecer de se romper. Há pessoas que são alérgicas ao látex.

Camisinha Feminina

Vantagens

  • Além de proteger contra as DSTs e a gravidez, protege também a parte externa da vagina.
Desvantagens

  • É mais difícil de ser encontrada, a colocação é mais complicada e é também mais cara que a masculina.

Pílula

Vantagens

  • Se usada corretamente pode ter 99% de eficácia, reduz a TPM, o fluxo e as cólicas menstruais.
Desvantagens

  • Ela não evita as DSTs, pode ter efeitos colaterais (como ganho de peso), tem que se lembrar de tomar todos os dias e se não usada corretamente pode levar a gravidez.

Pílula do Dia Seguinte

Vantagens

  • Se tomada em até 72 horas depois da relação sexual impede a fecundação do óvulo.
Desvantagens

  • Não protege contra as DSTs, não pode ser usada regularmente, pois a taxa de hormônios é muito alta e pode causar enjôos e sangramentos e eficácia é mais baixa que a das pílulas comuns.

Diu

Vantagens

  • É tão eficaz quanto as pílulas, por não se tratar de hormônios não desregula o organismo e pode ficar no útero por até 5 anos (fazendo acompanhamento de seis em seis meses).
Desvantagens

  • Não protege contra DSTs, pode aumentar o fluxo e as cólicas menstruais e necessita visitas regulares ao ginecologista.

Diafragma

Vantagens

  • Não se sente a presença dele na hora da relação, pode ser colocado minutos antes da relação e é muito discreto.
Desvantagens

  • Precisa ir ao médico para medir o tamanho, não protege tanto quanto a camisinha (só até 94%) e não protege contra as DSTs incluindo as infecções urinárias.

Implante

Vantagens

  • É mais eficaz que a pílula, não há risco de se esquecer de usar e reduz a menstruação.
Desvantagens

  • Não protege contra as DSTs.