Elomar

O Príncipe do Sertão

Minibiografia

Elomar é um artista considerado o Mestre da viola clássica e do violão. Sua música mistura estilos medievais, modos sertanejos e arranjos clássicos, com violino, harpa, flauta. A viola e o violão sempre o acompanham, mas seu estilo "sertanezo" vai muito além do que o senso comum se costuma entender por sertão: Elomar vai fundo nas raízes, nas notas, nos conteúdos, e alma do sertão é minuciosamente trabalha em cada detalhe, cada palavra, cada acorde.
Elomar Figueira Mello - Programa Ensaio Completo (1994)

Arrumação

Composição: Elomar


Josefina sai cá fora e vem vê

Olha os forro ramiado vai chuvê

Vai trimina riduzi toda criação

Das bandas de lá do ri gavião

Chiquera pra cá já ronca o truvão

Futuca a tuia, pega o catadô

Vamo planta feijão no pó

Futuca a tuia, pega o catadô

Vamo planta feijão no pó

Mãe purdença inda num cuieu o ai

O ai roxo dessa lavora tardã

Diligença pega panicum balai

Vai cum tua irmã, vai num pulo só

Vai cuiê o ai, o ai da tua avó


Lua nova sussarana vai passá

Sêda branca, na passada ela levô

Ponta d´unha, lua fina risca o céu

A onça prisunha, a cara de réu

O pai do chiquêro a gata comeu

Foi um trovejo c´ua zagaia só

Foi tanto sangue que dá dó


Os cigano já subiro bêra ri

É só danos, todo ano nunca vi

Paciênca, já num guento as pirsiguição

Já só caco véi nesse meu sertão

Tudo que juntei foi só pra ladrão



Link: http://www.vagalume.com.br/elomar-figueira-de-melo/arrumacao-2.html#ixzz47DmJxGHz

Elomar - Arrumação - Na Quadrada das Águas Perdidas