Sistema Nervoso Autônomo

Carolina Barcelos (8), Vanessa Medeiros (45)

O sistema nervoso autônomo é encarregado de controlar a respiração, circulação do sangue, controle de temperatura e digestão, ou seja, controla a parte involuntária do sistema. O sistema é regulado por centros medulares, pelos núcleos do tronco encefálico e pelo hipotálamo.

O Sistema nervoso autônomo se divide em Simpático e Parassimpático. Estes, trabalham de forma antagônica, ou seja, um corrige os excessos do outro.

  • O sistema Simpático atua em áreas que estimulam energia, permitindo que o organismo responda situações de estresse. O sistema simpático é responsável pela aceleração dos batimentos cardíacos, aumento da pressão arterial, concentração de açúcar no sangue e pela ativação do metabolismo no corpo.
  • O Parassimpático estimula as atividades relaxantes, como redução do ritmo cardíaco e da pressão arterial.

As fibras ganglionares desses dois sistemas secretam diferentes hormônios. O sistema parassimpático secreta a acetilcolina, assim, os neurônios são chamados colinérgicos. Já o sistema simpático libera a adrenalina, cujos neurônios recebem o nome de adrenérgicos.

A acetilcolina e a adrenalina têm capacidade de excitar alguns órgãos e de inibir outros de forma antagônica, conforme mostra a figura:

Big image