Alumnews #2

AIESEC in Bauru

VEM AÍ A SEGUNDA ALUMNEWS DA @BA

Olá, alumnus da AIESEC em Bauru

Vem aí a segunda news para te atualizar um pouquinho mais do que tem acontecido na AIESEC no Brasil e em Bauru!

Report do Q1

Terminamos o primeiro quarter com o sonho alto de fazer a AIESEC em Bauru crescer disruptivamente, ser relevante não só para a nossa cidade, mas cada vez mais essenciais para a AIESEC no Brasil. Foram metas batidas, muito impacto positivo e experiências de liderança nesses últimos três meses.

oGCDP

Big image

Pontos fortes


  • Matchs de janeiro (sendo metade de pipeline) gerou reconhecimento na rede e no Cluster Branco
  • PLAN clarificou o planejamento do quarter
  • Inscritos de outra faculdades que não são foco
  • Metas do time divididas em coordenadoria
  • Evento nas semanas de recepção da FAAC e FEB


Pontos fracos


  • Corner com MKT não aconteceu
  • Falta de rotina de time
  • PMs em IXP
  • Auditoria de contratos
  • Não aconteceram eventos na USC
  • Não aconteceram todas as reuniões por falta de engajamento

IGCDP

Big image

Pontos fortes


  • Construção e identidade de time
  • Fidelização de Stakeholders
  • Aprendizado técnico
  • União
  • Engajamento com o time e com todo o CL
  • Estrutura de acompanhamentos moldada a partir do LDM
  • Planejamento participativo das metas


Pontos a desenvolver


  • Ser mais fast responding
  • Aproximar mais as outras áreas do CL da entrega de iGCDP
  • Ter mais momentos de integração entre as coordenadorias
  • Relacionamento mais próximo com os/as trainees
  • Timeline de cooperação

TM

Big image

Pontos fortes


  • Mensuráveis do time voltadas totalmente aos resultados das operações.
  • Um Manager focado em cada uma das áreas operacionais.
  • Rotina individual dos Managers bem estruturada.
  • Calendário do planejamento da área seguido 100%.
  • 3 postulações à cargos de liderança (2 OCs e 1 EBzão)
  • ILP reformulado.
  • Formulário de Team Minimums reformulado.
  • Abordagem rápida de inscritos.
  • Reformulação dos Reports de consultorias.


Pontos fracos


  • Falta da rotina de time (reuniões com todos os membros presentes).
  • Comunicação entre o time.
  • Tracking não efetivo.
  • Jobs atrasadas que influenciaram na rotina da área.
  • Presença nas áreas operacionais ainda não efetivada.
  • Gestão de informação sobre as consultorias com PMs.
  • Time ainda não totalmente voltado aos dados operacionais.
  • Consultorias com PMs ainda não padronizadas.
  • Constante tracking de TMM.
  • Não acompanhamento dos resultados do ILP.
  • Falta da apresentação geral dos resultados Assessments.
  • Rotina ainda não sendo seguida completamente.
  • Falha de Pipeline (Second e Third Round nos OCs do Plan e ID 2016.1 e também na eleição de EBzão 2016.1).

FIN

Big image

Pontos fortes


  • Auditoria legal
  • Auditoria de contas
  • Relacionamento contador, advogado e banco
  • Capacitação do time de finanças: construção de time, treinamento de auditoria e reports, rotina.


Pontos fracos


  • Planejamento de incentivos para as áreas operacionais
  • Transparência da área de finanças frente ao CL
  • Não apresentação da política financeira para o CL
  • Metas de finanças mais claras
  • Dívida interna de R$930,00

MKT

Big image

Calendário de eventos

Ampliando Horizontes - Educação de qualidade


No dia 28 de Abril, a @BA vai trazer um espaço aberto de discussão sobre temas pertinentes à realidade universitária. O evento propõe a composição de uma mesa com três pessoas que possam trazer, a partir de suas vivências pessoais, visões diferentes sobre esse assunto, que será pautado a partir dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável estabelecidos pela ONU.


O Brasil ocupa o 53º lugar em educação, entre 65 países avaliados (PISA). Mesmo com o programa social que incentivou a matrícula de 98% de crianças entre 6 e 12 anos, 731 mil crianças ainda estão fora da escola (IBGE). O analfabetismo funcional de pessoas entre 15 e 64 anos foi registrado em 28% no ano de 2009 (IBOPE); 34% dos alunos que chegam ao 5º ano de escolarização ainda não conseguem ler (Todos pela Educação); 20% dos jovens que concluem o ensino fundamental, e que moram nas grandes cidades, não dominam o uso da leitura e da escrita (Todos pela Educação). Professores recebem menos que o piso salarial (et. al., na mídia).


É a partir dessa perspectiva que, em sua primeira edição de 2016, o Ampliando Horizontes abordará o tema “Educação de Qualidade”. A AIESEC vê uma importância cada vez maior em aproximar o jovem desse tipo de discussão, que está totalmente relacionada com a nossa realidade e o momento em que estamos vivendo dentro da universidade.

Big image

Ampliando horizontes

Thursday, April 28th, 6pm

Sala 2A - UNESP

Inspire Days 2016.1

Nos dias 16 e 17 de abril vai acontecer a segunda conferência do EB Síntese. Estamos entrando no Q2, o quarter mais importante para a entrega de resultados da @BA e esse final de semana vai ser muito importante para fazer isso acontecer. E é por ser são importante que queremos ver cada vez mais a presença de alumni nas conferências, podendo trazer uma visão de quem já passou por essas experiências e que agora pode somar ainda mais trazendo uma visão externa à AIESEC.


No PLAN, tivemos a presença do Selena durante toda a conferência e ele trouxe um depoimento sobre a experiência:

Big image
"Antes de qualquer coisa que eu possa dizer, ser Alumnus é um privilégio que muitos podem ter mas que pouco aproveitam.

Depois que sai da Induction de Alumnus, fiquei muito feliz em saber que eu poderia continuar ajudando de alguma forma a @BA que tanto aprendi no tempo que estive trabalhando. Nada melhor que estar no Plan 2016.1, conhecer a nova cara da Aiesec, novo EB, novos membros, estar perto dos membros dinossauros que estiveram comigo. Saber que eu poderia trazer uma visão de coisas que já haviam acontecido, que já haviam sido pensadas e contribuir para que a @BA continuasse na caminhada ao sucesso cada vez melhor, iluminando a construção da nova fase que ela entraria. Me falaram, "não vai ter sessão para Alumnus!!". E eu respondia que não tinha problema, eu queria estar lá pra ainda me sentir parte do que me ajudou a crescer como pessoa e saber que eu pude contribuir com o futuro da AIESEC. Tive medo de me sentir deslocado?? NÃO! Até parece que vocês não conhecem o espírito da Aiesec, "mal conheço e já considero pacas", aquele espírito que se conversa por igual em qualquer lugar que for e que você se sente acolhido a todo momento. Espero te ver no ID 2016.1! ;D"


16 e 17 de Abril

Fee: R$50,00 (caso você não queira ficar a conferência inteira, só entrar em contato com a Edilene, OC FIN, pra conversar sobre o valor - edilene.silva@aiesec.net)

Inscrições até 12/04 nesse link

ID 2016.1

Saturday, April 16th, 12pm to Sunday, April 17th, 6pm

Bauru - State of São Paulo, Brazil

Bauru, SP

COMO A AIESEC E A ONU ESTÃO TRABALHANDO JUNTOS?

Em Setembro de 2015, líderes mundiais se reuniram para, junto com a ONU, estabelecerem um plano de ação para uma agenda que consiste em 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável que são integrados e indivisíveis, e mesclam, de forma equilibrada, as três dimensões do desenvolvimento sustentável: a econômica, a social e a ambiental.


Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são um conjunto novo e universal de objetivos, metas e indicadores que serão usados pelos Estados em suas agendas e políticas públicas ao longo dos próximos 15 anos

Big image

AS 17 METAS PROPOSTAS SÃO:

1- Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares


2- Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável


3- Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades


4- Assegurar a educação inclusiva e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos


5- Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas


6- Assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento para todos


7- Assegurar o acesso confiável, sustentável, moderno e a preço acessível à energia para todos


8- Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo e trabalho decente para todos


9- Construir infraestruturas resilientes, promover a industrialização inclusiva e sustentável e fomentar a inovação


10- Reduzir a desigualdade dentro dos países e entre eles


11- Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis


12- Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis


13- Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos


14- Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável


15- Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da terra e deter a perda de biodiversidade


16- Promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis


17- Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável


Fonte: http://www.unmultimedia.org/radio/portuguese/conheca-os-novos-objetivos-de-desenvolvimento-sustentavel/

No Point Going Halfway