O retorno do buraco do mal

Na camada

O que é?

A camada de ozônio (O3) é uma "capa" deste gás que envolve a Terra e a protege de vários tipos de radiação, sendo que a principal delas, a radiação ultravioleta, é a principal causadora de câncer de pele.

Causas deste problema.

No útimo século, devido ao desenvolvimento industrial, passaram a ser utilizados produtos que emitem clorofluorcarbono (CFC), um gás que ao atingir a camada de ozônio destrói as moléculas que a formam (O3). O CFC era utilizado em refrigerantes e gases propulsores de aerosóis. Este gás foi proscrito pelo Protocolo de Montreal de 1987, mas ainda podem permanecer na atmosfera durante muitos anos. Outra causa dos buracos é a reação do cloro com o ión oxigênio.

Reações químicas.

Na estratosfera, os raios ultravioletas em contato com o O3 causam a seguinte reação:

O3 -> 02 + 0-². O CFC também é quebrado em contato com estes raios causando a seguinte reação: CFC -> Fc + Cl. A partir disto, ocorre a seguinte reação em cadeia:

Cl- + O-² -> Clo-¹

Clo- + O-² -> O2 + Cl-

Além disto, os buracos na camada se concentram nos polos do globo porque as moléculas de gases maléficos para a camada são carregadas para os pólos por correntes de ar poderosas, que viajam do Equador em direção aos extremos do globo.

Consequências.

As consequências são o aumento da intensidade dos raios ultravioletas na superfície terrestre, o aumento na incidência de câncer de pele, morte do fitoplâncton, intervindo nas cadeias alimentares e no ciclo do oxigênio, também intensifica o efeito estufa e altera o ciclo das chuvas nos mares e oceanos.

Como prevenir.

Para diminuir os buracos na camada de ozônio é necessário a diminuição de gases poluentes lançados na atmosfera, principalmente p CFC e o gás carbônico.
Destruição da camada de Ozônio

Grupo: Luan Lopes(18), Lucas Caetano(20), Mariana Albuquerque(22) e Nicolle Lucena(25). 1° "E"