Superbactérias

Um problema em evolução

O que são as superbactérias?

Superbactérias são organismos vivos que se adaptam e adquirem resistências a antibióticos. “O uso inadequado dos antibióticos – sem critério, em dose, período, ou com indicação incorreta – acelera os mecanismos de defesa das bactérias, perdendo a eficiência do medicamento”, explica o diretor do Conselho Regional de Farmácia de São Paulo (CRF-SP), Pedro Menegasso. Assim grandes partes destas superbactérias surgem em função do uso de antibióticos de forma incorreta. Com o passar do tempo, as bactérias acabaram ganhando resistência aos antibióticos. Isso acontece, pois muitas pessoas interrompem o tratamento antes do prescrito pelo médico. Nestes casos, as bactérias ganham resistência ao medicamento (antibiótico) por meio da seleção natural, que elimina as menos resistentes.


Bactérias KPC

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bact%C3%A9rias_KPC

O mais famoso exemplo de superbactéria são as chamadas KPC, um fenômeno surgido na Ásia que se espalhou pelo mundo por meio de pacientes de cirurgias plásticas, as bactérias E.coli e K. pneumoniae sofreram uma mutação que as tornava resistentes à maior parte dos antibióticos. Embora o impacto que esses organismos tiveram ainda seja considerado pequeno, o potencial pandêmico dessas bactérias é uma ameaça iminente para a saúde mundial.



3ºH

Rafael Figueiredo

Sophia Barreiros

Pedro Perruci

Lui Fortes

Juliana de Oliveira

Superbactérias se espalham em hospitais de todo o mundo