Coração

Anatomia interna e externa

Anatomia Externa e os Vasos Sanguíneos

Configuração Externa: o coração apresenta três faces e quatro margens:

FACES

Face Anterior (Esternocostal) - Formada principalmente pelo ventrículo direito.

Face Diafragmática (Inferior) - Formada principalmente pelo ventrículo esquerdo e parcialmente pelo ventrículo direito; ela está relacionada principalmente com o tendão central do diafragma.

Face Pulmonar (Esquerda) - Formada principalmente pelo ventrículo esquerdo; ela ocupa a impressão cárdica do pulmão esquerdo.

MARGENS

Margem Direita - Formada pelo átrio direito e estendendo-se entre as veias cavas superior e inferior.

Margem Inferior - Formada principalmente pelo ventrículo direito e, ligeiramente, pelo ventrículo esquerdo.

Margem Esquerda - Formada principalmente pelo ventrículo esquerdo e, ligeiramente, pela aurícula esquerda.

Margem Superior - Formada pelos átrios e pelas aurículas direita e esquerda em uma vista anterior; a parte ascendente da aorta e o tronco pulmonar emergem da margem superior, e a veia cava superior entra no seu lado direito. Posterior à aorta e ao tronco pulmonar e anterior à veia cava superior, a margem superior forma o limite inferior do seio transverso do pericárdio.


*Artérias Coronárias: A artéria aorta se ramifica na porção ascendente em duas artérias coronárias, uma direita e outra esquerda que vão irrigar o coração.


A artéria coronária esquerda passa entre a aurícula esquerda e o tronco pulmonar. Divide-se em dois ramos: ramo interventricular anterior (ramo descendente anterior esquerdo) e um ramo circunflexo. A ramo interventricular anterior passa ao longo do sulco interventricular em direção ao ápice do coração e supre ambos os ventrículos. O ramo circunflexo segue o sulco coronário em torno da margem esquerda até a face posterior do coração, originando assim a artéria marginal esquerda que supre o ventrículo esquerdo.

A artéria coronária direita corre no sulco coronário ou atrioventricular e dá origem ao ramo marginal direito que supre a margem direita do coração à medida que corre para o ápice do coração. Após originar esses ramos, curva-se para esquerda e contínuo o sulco coronário até a face posterior do coração, então emite a grande artéria interventricular posterior que desce no sulco interventricular posterior em direção ao ápice do coração, suprindo ambos os ventrículos.

Big image

Anatomia Interna e as cavidades e válvulas

Configuração Interna:


O coração possui quatro câmaras: dois átrios e dois ventrículos. Os átrios (as câmaras superiores) recebem sangue; os ventrículos (câmaras inferiores) bombeiam o sangue para fora do coração.


Na face anterior de cada átrio existe uma estrutura enrugada, em forma de saco, chamada aurícula (semelhante a orelha do cão).


O átrio direito é separado do esquerdo por uma fina divisória chamada septo interatrial; o ventrículo direito é separado do esquerdo pelo septo interventricular.

Big image
Big image

Fluxo sanguíneo no coraçao

Coração

Explicaçao fluxo sanguíneo no coraçao

O coração é o músculo mais importante do corpo. Ele é formado por quatro câmaras: átrio direito, ventrículo direito, átrio esquerdo e ventrículo esquerdo.

O lado direito do coração recebe o sangue pobre em oxigênio das veias do corpo inteiro. Ele bombeia o sangue pelas artérias pulmonares até os pulmões, onde o sangue é oxigenado novamente.

O lado esquerdo do coração recebe esse sangue rico em oxigênio dos pulmões. Ele bombeia o sangue pela aorta de volta para o resto do corpo por meio de uma rede complexa de artérias, arteríolas e capilares.

Enquanto circula pelo corpo, o sangue fornece oxigênio e nutrientes para os tecidos através dos capilares e, ao mesmo tempo, recebe dióxido de carbono e outros resíduos. As veias retornam o sangue desoxigenado para o coração e o ciclo começa novamente.


Como as válvulas cardíacas funcionam:

O coração tem quatro válvulas que controlam o fluxo de sangue que entra e sai do coração: válvula tricúspide, válvula pulmônica (também chamada de válvula pulmonar), válvula mitral e válvula aórtica.

As quatro válvulas do coração funcionam como portas unidirecionais que mantêm o fluxo sanguíneo em uma direção. As válvulas são formadas por duas ou três abas rígidas de tecido chamadas folhas. As folhas abrem para permitir a passagem do sangue pela válvula e fecham para impedir que o sangue volte para a câmara do coração.

A abertura e o fechamento das quatro válvulas do coração são controlados pelas alterações da pressão sanguínea de cada câmara do coração. Quando o fluxo sanguíneo é comprometido, podem aparecer sintomas leves a graves como fadiga, fraqueza, falta de ar e dor no peito