Coliseu Zine

As novidades por dentro do ciclismo

Ciclista Renato Rezende faz história e conquista a sexta colocação na Copa do Mundo de Supercross

A primeira etapa da Copa do Mundo de Supercross 2013 foi decidida neste sábado (20), após a realização das etapas finais da competição. O piloto brasileiro Renato Rezende, conseguiu uma participação histórica, conquistando a sexta colocação na grande final. Esta é a primeira vez que um brasileiro consegue disputar a final de uma etapa da Copa do Mundo.

Ainda durante as etapas classificatórias, toda a delegação brasileira parecia prever os excelentes resultados, demonstrando grande entusiasmo. A equipe jovem, formada por atletas que são acompanhados desde as categorias de base pela Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC), demonstraram que são capazes de se superar a cada nova competição, e já fazem história pelo Bicicross brasileiro.

Troque o carro pela bicicleta

O trânsito parou é a famosa hora do rush. Um ciclista atrevido pedala rápido ao largo de dezenas de carros e deixa para trás um verdadeiro mar de máquinas potentes, que seriam capazes de alcançar uma velocidade até dez vezes superior à da sua pobre magrela. Sorte dele. Ao optar pela bicicleta como meio de transporte, nosso personagem evita o estresse dos intermináveis engarrafamentos, espanta o sedentarismo e previne um monte de doenças. Sorte também do meio ambiente.

Afinal, ao deixar o carro em casa, você, sozinho, deixa de lançar no ar em um só dia 6 quilos de gás carbônico a cada 30 quilômetros a distância média que uma pessoa motorizada percorre numa grande cidade. Parece estranho falar em quilo de um gás? É que a emissão de gás poluente é medida assim. Faça a conta: se você pedalar os mesmíssimos 30 quilômetros durante um ano, vai livrar a atmosfera de quase 2 toneladas de gás carbônico!

Para a saúde, as vantagens das pedaladas também têm peso considerável. A pessoa perde os quilos extras, ganha massa muscular, aumenta a capacidade cardiorrespiratória e sente um bem-estar incrível, garante o médico André Pedrinelli, do Grupo de Medicina do Esporte da Universidade de São Paulo. E nem precisa tanto esforço. Se você for de bicicleta até o supermercado ou à padaria diariamente, já estará dando adeus ao sedentarismo e a todas as encrencas relacionadas a ele.

Circular sobre duas rodas é uma tendência no país inteiro. A Abraciclo, Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Bicicletas e Similares, estima que mais de 24 milhões de indivíduos pedalem todo santo dia. Desse contingente, cerca de 53% usa a sua bike como meio de transporte principal. E esse índice não pára de crescer. Só na capital paulista o número de ciclistas urbanos mais do que dobrou nos últimos cinco anos.