Sistema Reprodutor Masculino

Brenda Lee (06) e Maria Eduarda (32)

O sistema reprodutor masculino, também chamado de sistema genital masculino, é composto pelos testículos, bolsa escrotal, pênis, um sistema de ductos ou canais e glândulas anexas.

Big image

Órgãos Do Sistema Reprodutor Masculino

Testículos: gônada masculina localizadas no interior da bolsa escrotal, constituídos por milhares de túbulos seminíferos e no interior desses túbulos ocorre à produção dos espermatozoides. Também é nos testículos que encontramos a produção do hormônio testosterona.


Epidídimos: local onde os espermatozoides são armazenados.


Canais deferentes: dois tubos que partem dos testículos circundam a bexiga urinária e unem-se ao ducto ejaculatório, onde desembocam as vesículas seminais.


Vesículas seminais: responsáveis pela produção de um líquido, que será liberado no ducto ejaculatório que, juntamente com o líquido prostático e espermatozóides, entrarão na composição do sêmen. O líquido age como fonte de energia para os espermatozóides e é constituído principalmente por frutose.


Próstata: glândula localizada abaixo da bexiga urinária. Secretas substâncias alcalinas que neutralizam a acidez da urina e ativa os espermatozóides.


Glândulas Bulbo Uretrais ou de Cowper: Tem função na lubrificação do pênis durante o ato sexual e lança dentro da uretra uma secreção transparente para limpar e preparar a passagem dos espermatozoides.


Pênis: é considerado o principal órgão do aparelho sexual masculino, sendo formado por dois tipos de tecidos cilíndricos: dois corpos cavernosos e um corpo esponjoso (envolve e protege a uretra). Na extremidade do pênis encontra-se a glande - cabeça do pênis, onde podemos visualizar a abertura da uretra. Com a manipulação da pele que a envolve - o prepúcio - acompanhado de estímulo erótico, ocorre a inundação dos corpos cavernosos e esponjoso, com sangue, tornando-se rijo, com considerável aumento do tamanho (ereção).


A uretra é comumente um canal destinado para a urina, mas os músculos na entrada da bexiga se contraem durante a ereção para que nenhuma urina entre no sêmen e nenhum sêmen entre na bexiga. Todos os espermatozóides não ejaculados são reabsorvidos pelo corpo dentro de algum tempo.


Saco Escrotal ou Bolsa Escrotal ou Escroto: Um espermatozóide leva cerca de 70 dias para ser produzido. Eles não podem se desenvolver adequadamente na temperatura normal do corpo (36,5°C). Assim, os testículos se localizam na parte externa do corpo, dentro da bolsa escrotal, que tem a função de termorregulação, mantendo-os a uma temperatura geralmente em torno de 1 a 3 °C abaixo da corporal.

Aparelho Reprodutor Masculino - Prof. Paulo Jubilut
sistema genital masculino.mpg