Depois Daquela Viagem

Preconceito racial e juventude

Emicida - Boa Esperança (Videoclipe Oficial)

O vídeo-clipe "boa esperança", do rapper Leandro Roque de Oliveira, trata da violência e preconceito contra os negros.

Desde o começo da musica já podemos ouvir um canto tribal e crianças correndo por um lixão, representando de onde elas vem e como a sociedade as vê.

Logo depois vemos uma mansão, onde a maioria dos empregados e criadas são negros, e por esse motivo, a patroa, os trata desumanamente, de modo que, o alimento designado ao cão, chega a ser melhor a das criadas.

E mais, durante a cena da festa, a patroa faz com que uma das criadas cubra seus cabelos e depois, por causa de um assedio,faz com que ela retire seu batom.

Após vários maus tratos, os empregados da casa resolvem se revoltar e acabam sendo tratados como criminosos pela mídia, policia e pela sociedade.

A letra desta música é extremamente interessante, pois trata sobre o modo como todos veem as pessoas negras como ladrões, e sobre como toda sua história é apagada e eles acabam sendo convertidos em esteriótipos.

Gostamos de pensar que o racismo está morto, e que na nossa geração não há racismo. Acontece que o racismo existe sim. Recentemente, as apresentadoras Maju Coutinho e Taís Araújo foram vítimas de ataques racistas nas redes sociais. Os autores do ataque? Um grupo de jovens, com mais ou menos a nossa idade.

Depois daquela Viagem

O livro "Depois daquela Viagem" não trata muito de racismo. A única ocasião na qual esse assunto é abordado é quando, na universidade americana, a protagonista conversa com sua colega de dormitório na, que é negra. Os Estados Unidos são um país muito segregacionista, e muito racista também, como é possível ver pelos vários assassinatos e protestos do ano passado. Nas universidades americanas há vários grupos de ativismo em prol dos direitos dos afrodescendentes, e muitos jovens praticam ativismo político e social, defendendo os direitos dos negros. No livro, a garota e a Valéria deixam de ser amigas pois a Valéria a acusa de odiar os brancos.

Componentes do Grupo

Maria Diniz Costa 26, Evelyn Alves 10, Vincente Henrique 37, Gabriela Nunes 15.