Imoralidade do Homem

Do que somos capazes de fazer no nosso estado mais bruto?

Justiça do DF condena médico por abuso sexual de pacientes

Depois de anos de investigação a Justiça do DF conseguiu condenar um médico, que trabalhava no Centro de Saúde de São Sebastião, acusado de abusar sexualmente de duas pacientes. Sua pena foi de seis anos e seis meses de prisão em regime semiaberto e o afastamento do cargo.

Ex-primeiro ministro esloveno é condenado por corrupção

Um tribunal condenou nesta quarta-feira (5) o ex-primeiro-ministro conservador esloveno Janez Jansa, no cargo de 2004 a 2008 e de 2012 a 2013, a dois anos de prisão e ao pagamento de uma multa de 37.000 euros ao ser declarado culpado de corrupção no caso "Patria", um contrato de armamento com uma empresa finlandesa. Os outros dois acusados, o empresário Ivan Crnjovic e o general esloveno Tone Krkovic, foram condenados a 22 meses de prisão e a uma multa de 37.000 euros.

Nossa Opinião

Segundo dados de pesquisa, a maioria dos estupradores tem disturbios sexuais e o fazem por se sentirem mais poderosos. Seria então uma volta a Idade da Pedra onde o Homem mostrava sua soberania por meio da violência? Talvez sim, já que muitas vezes o crime é cometido por pessoas que conhecem bem a vítima, como no caso do médico, e é nesse tipo de crime que vemos o ser humano como ele realmente é. Se não houvessem "leis" morais dentro da nossa sociedade, o estupro seria considerado um crime? Sendo médico, e ainda mais, genicologista, ele deveria estar preparado para lidar com esta situação. Tendo falhado, ele demonstra fraqueza e incopetência no execício da profissão, considerando os danos morais e físicos acarretados. As penas carcelárias para este tipo de crime, principalmente para um profissional, deveriam ser mais severas.

Outro fator que não deveria interferir no julgamento é a posição econômica do indivíduo, o que muitas vezes leva a diminuição de sua pena. Situações como essa demonstram a vulnerabilidade do sistema penal, que é facilmente corrompido por uns trocados a mais no bolso.

Grupo - 2º ano "F"

Ana Carolina // Artur Menescal // Arthur Santana // Bruno Pereira // Caio Azevedo // Eric Graef // Giovana Cafiero // Lucas Freitas // Pedro Ribas // Vitor Michetti