Vanguardas e Semana de Arte Moderna

Artes Visuais - Dadaísmo

O Dadaísmo surgiu em 1916 em Zurique durante a I Guerra Mundial em um clube artístico chamado Cabaret Voltaire. Foi fundado por jovens franceses e alemães que fugiram de seus respectivos países para não serem convocados para o serviço militar. Foi um movimento de negação de artistas de várias nacionalidades exilados na Suíça, que eram contrários ao envolvimento de seus países na guerra.

O movimento foi fundado com a intenção de expressar as decepções em relação a incapacidade da ciência, religião e filosofia que foram pouco eficientes em evitar a guerra na Europa. A palavra "Dada" foi descoberta ao acaso por Hugo Ball e Tristan Tzara em um dicionário de alemão-francês. Ela significa "cavalo de pau" na linguagem infantil e foi escolhida por não fazer sentido, assim como a arte, que perdera o seu diante da irracionalidade da guerra.

"Sua proposta é que a arte ficasse solta das amarras racionalistas e fosse apenas o resultado do automatismo psíquico, selecionado e combinando elementos por acaso. Sendo a negação total da cultura, o Dadaísmo defende o absurdo, a incoerência, a desordem, o caos. Politicamente , firma-se como um protesto contra uma civilização que não conseguiria evitar a guerra. " -http://www.historiadaarte.com.br/linha/dadaismo.html


Marcel Duchamp(1887-1968)

Bigodes na Mona Lisa

  • Combate às formas de arte institucionalizadas.(Desprezo pela arte tradicional)
Big image
Fonte


  • Objetos comuns do cotidiano são apresentados de uma nova forma e dentro de um contexto artístico(No caso da obra, um mictório na horizontal.)
  • Ênfase no absurdo e nos temas e conteúdos sem lógica;
  • Inversão de papel: o objeto receptor se transforma em uma fonte
Big image

François Picabia(1879-1953)

A Mulher-monóculo
  • Crítica ao capitalismo e ao consumismo.(Crítica a burguesia da época)
Big image