As Externas e Internas do Coração

Anatomia daquele que nos mantém vivo

Piada Externa

A configuração externa do coração é feita de 3 faces (Esternocostal, Inferior e Esquerda) e 4 margens (Direita, Esquerda, Inferior e Superior). Também existem 4 camadas na Parede Cardíaca, são elas: Pericárdio, uma membrana que reveste e protege o coração; Epicárdio, uma camada interna ao Pericárdio também chamada de camada visceral do pericárdio seroso; Miocárdio, a camada mais espessa do coração, o músculo cardíaco; Endocárdio, a camada mais interna do coração.

Miocárdio: A Estrela (ou o músculo)

É composto de músculo estriado cardíaco. É esse tipo de músculo que permite que o coração se contraia e, portanto, impulsione sangue, ou o leva para o interior dos vasos sanguíneos. Cada célula do miocárdio possui um núcleo central, uma membrana plasmática chamada de sarcolema, e numerosas fibras musculares (miofibrilas) que são separadas por variáveis quantidades de sarcoplasma. A unidade miocárdica funcional é chamada de sarcômero. É nesta unidade funcional de contração que reside a diferença entre uma fibra muscular miocárdica e uma esquelética. Para que aconteça o fenômeno da contração, é preciso existir condições favoráveis, como uma ótima irrigação e aporte eletrolítico adequado. Estas condições são providas através de uma irrigação otimizada, o que verifica-se pela alta capilarização entre as inúmeras fibras miocárdicas.

Coronárias circulando

A Circulação Coronária é composta pelas artérias, arteríolas, capilares, vênulas e veias do coração. Se inicia nos óstios coronários, junto as cúspides coronárias da valva aórtica e termina no seio coronário. As principais artérias coronárias são a artéria coronária direita, o tronco da artéria coronária esquerda, a artéria circunflexa e a artéria descendente anterior. A partir da obstrução das artérias coronárias por aterosclerose comumente ocorre a angina de peito e o infarto do miocárdio.

Piada Interna: fique por dentro do coração

Na composição da anatomia interna do coração, temos em destaque 4 cavidades e as Válvulas.
Sistema Cardiovascular

O Quarteto Fantástico!

As 4 cavidades internas do coração são: Átrio Direito, recebe o sangue venoso, pobre em oxigênio, proveniente das veias e envia-o, através da valva tricúspide, para o ventrículo direito. O ventrículo direito (um dos 4) contrai-se posteriormente, bombeando o sangue para fora do coração pela artéria pulmonar para os pulmões. O quarteto termina com o Átrio Esquerdo, que recebe o sangue arterial, rico em oxigênio, proveniente das veias pulmonares e envia-o, através da valva mitral (ou bicúspide), para o ventrículo esquerdo. O ventrículo esquerdo (finalizando) contrai-se posteriormente, bombeando o sangue para fora do coração pela aorta para todas as partes do corpo.

Às Fabricas! Válvulas

A Válvulas Cardíacas são estruturas formadas basicamente por tecido conjuntivo que se encontra à saída de cada uma das quatro câmaras do coração. Se interpõem entre átrios e ventrículos bem como nas saídas das artérias aorta e artéria pulmonar. Elas permitem o fluxo de sangue em um único sentido não permitindo que este retorne fechando-se quando o gradiente pressórico se inverte. O que regula a abertura e fechamento das valvas são as pressões dentro das câmaras cardíacas. São elas: Mitral ou Bicúspide, possui dois folhetos lembrando o formato de uma mitra que permite o fluxo sanguíneo entre o átrio esquerdo e o ventrículo esquerdo; Tricúspide, possui três folhetos e permite o fluxo sanguíneo entre o átrio direito e o ventrículo direito; Aórtica, Permite o fluxo sanguíneo de saída do ventrículo esquerdo em direção à aorta; Pulmonar, permite o fluxo sanguíneo de saída do ventrículo direito em direção à artéria pulmonar.

Big image
Respectivamente: Válvula Pulmonar, Válvula Aórtica, Válvula Tricúspide e Válvula Mitral.

GRUPO: PEDRO RAPÔSO CIARLINI (35), BERNARDO BLOM (8), GABRIEL VALLS DE SALLES (14)

Professos Júnior, Biologia. Colégio Marista, 17 de Julho de 2014.