Sistema Nervoso Autônomo

SNA

Funções

O sistema nervoso autônomo (SNA) faz parte do sistema motor e tem como principal função controlar as ações involuntárias dos órgãos - é responsável pelo ajustamento do corpo humano ao ambiente externo. O SNA garante a homeostase do organismo através da sua divisão em sistema nervoso simpático (SNAS) e sistema nervoso parassimpático (SNAP), que atuam de forma antagônica, um regulando os excessos do outro.

Sistema Nervoso Simpático (SNAS) e Sistema Nervoso Parassimpático (SNAP)

O SNAS é responsável pelas reações em situações de estresse e prepara o organismo a responder a emergências quando encontra-se ameaçado, como a fugas e lutas, em que os batimentos cardíacos disparam - caraterizando sua origem toracolombar - ocorre a midríase, desvio do fluxo sanguíneo para os músculos, etc. O SNAP é responsável pela manutenção das funções orgânicas de repouso e as fibras emergem da região craniossacral. Seus efeitos são contrários aos do SNAS, atua diminuindo a frequência cardíaca, relaxamento dos esfíncteres, miose, broncoconstrição, etc.
Big image

Acetilcolina e Adrenalina

A acetilcolina é um neurotransmissor do sistema nervoso parassimpático que vai contrariar as ações da adrenalina. Ocorre a diminuição da frequência cardíaca, miose, contrai vasos, etc. A adrenalina, em contrapartida, é secretada em situações de grandes esforços físicos, elevando a tensão arterial, estimulando o coração, contraindo alguns músculos e relaxando outros.