Texto literário e não literário

Intangibilidade/Intocabilidade

Quando se resume um texto não-literário apreende-se o essencial; quando se resume um texto literário perde-se o essencial.

Paul Valéry

Un mundo. Ángeles Santos, 1929. Madrid.

Nesta pintura, o artista não pretendeu transmitir nenhuma informação de caráter utilitário, mas apenas recriar esteticamente uma visão de mundo. Para isso, seguiu sua intuição sem obedecer a formas, proporções ou cores habituais.

Big image

Outro critério: o texto literário tem uma função estética, enquanto o texto não-literário tem uma função utilitária (informar, convencer, explicar, responder, ordenar, etc.);

Outro critério: o texto literário tem uma função estética, enquanto o texto não-literário tem uma função utilitária (informar, convencer, explicar, responder, ordenar, etc.);

Big image
Nestas duas representações de corujas, a primeira se define pelo caráter utilitário e a segunda, pela função estética. Na primeira, quanto maior a semelhança com o animal retratado, e quanto mais neutra a linguagem utilizada para representá-lo, melhor. Na segunda, o artista se permite alterar formas, proporções e cores do animal com o propósito de tornar evidente sua maneira particular de representar o mundo
Big image

A NATUREZA DA LINGUAGEM LITERÁRIA

Qual a finalidade do texto I? E do texto II?

A fim de sintetizar as difereças entre os dois textos, compare-os e responda:

(a)Qual deles apresenta uma linguagem objetiva, utilitária, voltada para explicar um problema da realidade.

(b)Em qual deles a linguagem é propositalmente organizada com o fim de criar expectativa ou envolvimento do leitor?

(c)Qual deles tem a finalidade de informar o leitor sobre a realidade?

(d)Qual deles tem a finalidade de entreter, divertir ou provocar reflexões no leitor a partir de um tema da realidade?

Big image

O que distingue o texto literário do não-literário?

q não há qualquer critério que se fundamente no tema abordado pelo texto;

q Não há conteúdos exclusivos da literatura nem avessos a seu domínio;

q nesse aspecto, a única coisa que se pode afirmar é que, em certas épocas, os textos literários privilegiam certos temas e uma determinada maneira de figurativizá-los;

Se o conteúdo é questão de preferência de época, não serve de critério para estabelecer a diferença entre texto literário e não-literário.

Big image


Com base na oposição função estética X função utilitária, podemos enunciar algumas características do texto literário:
  • a relevância do plano da expressão,
  • que, nele, serve não apenas para veicular conteúdos, mas para recriá-los em sua organização.

LITERATURA É A ARTE DA PALAVRA

Big image

A LITERATURA JÁ PASSOU POR DIFERENTES FORMAS DE EXPRESSÃO

Na Grécia Antiga e na Idade Média, sua transmissão era basicamente oral (havia poucas pessoas alfabetizadas).

Atualmente, predomina a cultura escrita.

Mas, há outros suportes: CD, audiolivro, livro digital, adaptações para cinema e TV…

Big image

Poema tirado de uma notícia de jornal

João Gostoso era carregador de feira-livre e morava no morro da Babilônia num barracão sem número
Uma noite ele chegou no bar Vinte de Novembro
Bebeu
Cantou
Dançou
Depois se atirou na Lagoa Rodrigo de Freitas e morreu afogado.


BANDEIRA, Manuel. "Libertinagem". Estrela da vida inteira. Rio de Janeiro: José Olympio, 1966.

Big image

Funções da Literatura

LITERATURA: COMUNICAÇÃO, INTERLOCUÇÃO E RECRIAÇÃO

Literatura é linguagem:


  • possui papel comunicativo na sociedade;
  • pode tanto influenciar o público como ser influenciada por ele.


O leitor do texto literário não é passivo, ele recria e atualiza os seus sentimentos com base em vivências pessoais e nas referências artísticas e culturais do seu tempo.

O autor, quando cria sua obra, é influenciado pelo perfil de público que tem em mente.

Big image

LITERATURA: A HUMANIZAÇÃO DO HOMEM

Para Octavio Paz, escritor mexicano, a poesia é conhecimento, salvação, poder, abandono. Operação capaz de transformar o mundo, a tividade poética é revolucionária por natureza; exercício espiritual, é um método de libertação interior. A poesia revela este mundo; cria outro.

Big image

Segundo George Thompson, o artista conduz os outros homens a um mundo de fantasia, onde seus anseios se libertam, afirmando desse modo a recusa da consciência humana em aceitar o condicionamento do meio: mobiliza-se assim um potencial de energias submersas que, por sua vez, regressam ao mundo real para transformar a fantasia em realidade.

Big image

LITERATURA: O ENCONTRO DO INDIVIDUAL COM O SOCIAL

Segundo o escritor Guimarães Rosa, literatura é feitiçaria que se faz com o sangue do coração humano. Isso quer dizer que a literatura, entre outras coisas, é também a expressão das emoções e reflexões do ser humano.

Não é só na literatura que se usa a linguagem em função estética;

No entanto, ela é o lugar privilegiado de sua utilização;

Além disso, cabe destacar que a poesia é o lugar em que a função estética se manifesta no mais alto grau.