FOLHA MARISTÃO

Polícia prende sequestradora de Pedrinho

A ex-empresária Vilma Martins Costa, 58, conhecida pelo sequestro de Pedro Júnior Rosalino Braule Pinto --o Pedrinho--, há 27 anos, foi presa no final da tarde desta quarta-feira (22), em Goiânia, sob suspeita de receptação de equipamentos odontológicos roubados.

Vilma estava no carro com Sônia Eliene Silva, 41, quando foi abordada por policiais. De acordo com a Polícia Civil, elas transportavam uma estufa e outros equipamentos que haviam sido roubados de um consultório odontológico.

O agente César Augusto Almeida, do 20º DP (Distrito Policial), disse à FOLHA MARISTÃO que o delegado havia recebido uma denúncia e mandou sua equipe investigar as duas, que foram abordadas por volta das 17h.

Segundo a polícia, Vilma disse que apenas dava uma carona para Sônia, que é massagista dela e confirmou a versão.

O agente informou que a advogada de Sônia não quis falar com a reportagem. A defesa de Vilma não foi encontrada no fim da noite de quarta-feira.

De acordo com a Polícia Civil, as duas serão levadas para o 14º DP, único distrito na capital em que há carceragem feminina.

Vilma Martins foi condenada em 2003 pelo sequestro de Pedrinho, em 1986, e de Roberta Jamilly Martins Borges, em 1979. Ela também foi condenada por falsificação ideológica, alteração de documentos e cárcere privado, com pena de 15 anos e nove meses de prisão.

Em 2008, a Justiça de Goiás concedeu liberdade condicional à ex-empresária. Cálculos da Justiça feitos em maio do ano passado indicavam que a pena dela poderia já ter chegado ao fim.

O Ministério Público de Goiás, no entanto, divergiu do cálculo e, em outubro, o juiz Alexandre Bizzotto determinou que fosse feita nova conta.

Ao menos até fevereiro, esse cálculo não havia sido realizado. A reportagem não conseguiu entrar em contato com o TJGO (Tribunal de Justiça de Goiás) no fim da noite desta quarta-feira.

FOLHA MARISTÃO

Critica

É notável que a família de hoje em dia está destruída. Um crime desse porte não é culpa só da acusada e sim da sociedade, uma vez que no cotidiano tem se manifestado mais ódio e violência.

Bebê de um ano e meio é estuprado em Goânia

Uma menina de 1 ano e 6 meses foi encontrada sozinha e sem roupas no Parque Cascavel, região sudoeste de Goiânia, por volta das 7h deste domingo (19). O bebê teria sido avistado por um homem que fazia caminhada no local e que teria avisado aos guardas municipais. Depois, os bombeiros foram acionados e a criança foi encaminhada ao Hospital Materno Infantil (HMI), no Setor Oeste. De acordo com informações dadas pela assessoria de imprensa do HMI ao G1, foi confirmado que a criança sofreu violência sexual.

Assim que a agressão foi confirmada pela equipe médica, a menina recebeu medicamentos para evitar doenças sexualmente transmissíveis (DST). Ela também foi enviada ao Instituto Médico Legal (IML) para ser submetida ao exame de corpo de delito.

De volta ao HMI, a menina passou por nova avaliação da equipe médica que pretende identificar a gravidade das lesões e as medidas a serem tomadas para saná-las. Às 16h, a assessora de imprensa do hospital afirmou ao G1 que a avaliação dos médicos ainda não havia sido concluída.

Critica

Essa situação demonstra que a o ''bicho humano '' seguiu o seu senso extintivo , seu extinto oque o fez agir dessa forma oque é uma caracteristica naturalista esses tipos de ações demonstram que a teoria de darwin de que evoluimos do animal esta errada pelo fato de nem termos evoluido, de ainda agirmos pelos instintos..