Direitos Humanos

Bruna, Gabriel Marques, Maria Clara, Priscila, Sofia

Campanha em defesa do consumidor

Justificativa

No Brasil é observado diversas reclamações a respeito dos mais variados tipos de empresas, principalmente aquelas relacionadas a telefonia e manipulação de dinheiro. Na hora de adquirir algum produto ou pagar por algum serviço, os consumidores são frequentemente enganados e sem que percebam, acabam perdendo seus direitos por falta de conhecimento. Mediante aos problemas apresentados, há de crer que seja necessário uma melhoria na informação dada aos consumidores no que diz respeito aos seus direitos.

Objetivo geral

Informar aos consumidores seus direitos, para que eles não se sintam enganados e desrespeitados, criando uma relação mais eficiente e justa entre o consumidor e as empresas.

Objetivos específicos

Divulgar o código do consumidor e o procon, onde o consumidor possa denunciar a empresa caso seus direitos sejam violados.

Estratégias.

Tem como estratégia divulgar o codigo do consumidor por meio de campanhas que esclareçam duvidas que possivelmente possam surgir.

fazer a confecção de panfletos que contenham todas as informações sobre o direito do consumidor.


Não à tortura

“Ninguém deverá ser submetido à tortura ou a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante.”


Segundo o artigo 5º da Declaração Universal dos Direitos Humanos “Ninguém deverá ser submetido à tortura ou a tratamento ou castigo cruel, desumano ou degradante.”, entretanto muitos utilizam a tortura como forma de provar uma certa superioridade à um indivíduo ou à um grupo de pessoas.

Inúmeras pessoas foram perseguidas e torturadas até a morte pelo próprio governo do Paquistão, havendo mil e um motivos para tal ato; temos como exemplo o caso do jornalista Shahzad, que fez sua carreira escrevendo sobre as várias redes islamitas que operam no Paquistão e antes de desaparecer, informou grupos de defesa dos direitos humanos de que havia sido ameaçado pela Inter-Services Intelligence (ISI), a principal agência do serviço secreto paquistanês. Quando encontrado morto, a polícia afirmou que haviam sinais de tortura em seu corpo. No Brasil muitos presidiários sofrem nas mãos dos próprios policiais nas mais diversas penitenciarias.


Quanto aos casos de tortura no Brasil, uma maneira de ajudar à prevenir esse tipo de ocorrência, seria fazer uma profunda pesquisa a fim de saber se as instituições que são responsáveis por investigar esses casos e punir os praticantes de tal ato (nos casos de tortura de pessoas não públicas/autoridades, a Policia Federal e, no caso de autoridades e pessoas públicas, o Governo) estão cumprindo com o seu dever e realizando devidamente o seu trabalho. Caso haja alguma falha no sistema, poderíamos tornar público esses dados, fazendo assim com que aqueles não estejam seguindo as normas sejam punidos.

Se a Declaração Universal dos Direitos Humanos fosse conhecida e amplamente cumprida certamente não viveríamos em um mundo com tanta desigualdade social e tantas injustiças, temos em vista que se todos cooperarem e que se cada um fizer a sua parte a qualidade de vida para muitos melhoraria e o mundo iria ser cada vez mais justo e igual.

Colegio marista de brasilia - 1F