BASQUETE TECNOLOGIA MARISTA

------------------- 2 ANO I-------------------

O basquetebol é um esporte coletivo inventado em 1891 pelo professor de Educação Física canadense James Naismith, na Associação Cristã de Moços de Springfield em Massachusetts,E.U.A. É jogado por duas equipes de 5 jogadores, que têm por objetivo passar a bola por dentro de um cesto colocado nas extremidades da quadra, seja num ginásio ou ao ar livre.

Os aros que formam os cestos são colocados a uma altura de 3 metros e 5 centímetros. Os jogadores podem caminhar no campo desde que driblem (batam a bola contra o chão) a cada passo dado. Também é possível executar um passe, ou seja, atirar a bola em direção a um companheiro de equipe.

O basquetebol é um esporte olímpico desde os Jogos Olímpicos de Verão de 1936 em Berlim.

O nome vem do inglês basketball, que significa "bola na cesta". É um dos desportos mais populares do mundo.

Atualmente, os principais campeonatos mundiais são os Jogos Olímpicos e o Mundial de Basquete, além dos campeonatos continentais, como o Pan e a Euroliga. Nos EUA, se destacam, em níveis internacionais, o NBA e o WNBA, masculino e feminino respectivamente. já no Brasil o principal campeonato é o Nacional NBB, disputado entre clubes, funcionando de forma parecida com o NBA e o WNBA.

O país com o maior numero de praticantes do basquete é o Estados Unidos. Existe diferenças no desenvolvimento do basquete em diferentes continentes, como alguns utilizam a nova regra do basquete em suas competições e outros utilizam a regra antiga.

TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO NO ESPORTE


No mundo atual a tecnologia beneficia diversas áreas do cotidiano. A tecnologia da informação pode ajudar em várias tarefas, e também nos mais diversos esportes. No meio esportivo de alto rendimento, o desenvolvimento da tecnologia proporciona uma série de benefícios:o uso da internet e a comunicação social ajuda a interação mais rápida entre os atletas, treinadores e organizadores , o que permite fazer comparações com adversários e de diferentes desempenhos do mesmo atleta. Também através da medicina é possível diagnosticar um atleta com melhores precisões.

No basquete a tecnologia pode aprimorar tanto o desempenho individual como da equipe e é por meio de imagens que é possível ver de vários ângulos, o desempenho do atleta.

Em fim, a tecnologia serve para ajudar os desempenhos esportivos em vários níveis,tanto para um atleta profissional quanto para um praticante que qualquer.

A TECNOLOGIA NO BASQUETE

um exemplo utilizado na tecnologia do basqueteboll :Pesquisadores da universidade de Michigan, nos Estados Unidos, desenvolveram um sistema integrado a bolas de basquete que é capaz de medir a mecânica de manuseio e lançamento, podendo ajudar ainda mais no desenvolvimento do esporte.

Ele é formado por um conjunto de acelerômetros e giroscópios que coletam dados durante o jogo, que são transmitidos via wireless para um computador, que pode analisar as performances nas jogadas.

Segundo os pesquisadores, o sistema pode facilitar o trabalho de correção de jogadas. Os jogadores poderão saber, por exemplo, se precisam trabalhar mais na mira, no balanço, na força ou no arco dos lançamentos, tudo isso para melhorar ainda mais a qualidade do esporte.

O sistema já está em uso em ligas infantis e nos 20 maiores programas de basquete universitário. Os pesquisadores estão preparando as adaptações necessárias para outros esportes, como o futebol, o golfe e o baseball.

Também foram criadas roupas mais leves que absorvem o suor e trazem mais comforto ao atleta também tem o "Digital Scoresheet" que é um aparelho que filma o jogo ao vivo e fica sobre a supervisão dos ábitros de mesa, quando ocorre um lance polemico o juíz recorre ao aparelho junto com os árbitros de mesa para ver se o lance foi valido ou não.

METODOLOGIA QUE FOI UTILIZADA

Os alunos foram para quadra, e em cada grupo três integrantes tinham que arremessar 10 vezes cada aluno. Os outros integrantes filmaram e tiraram fotos para poder analisar cada erro que o arremessador cometeu. Com as fotos e vídeos, foi possível analisar cada erro, e assim podendo dar sugestões a cada aluno , para que o mesmo melhore seu desempenho .Com as novas recomendações que os alunos deviam seguir, voltamos a para quadra para ver se alunos conseguiriam de fato novos resultados.

OBJETIVO DO TRABALHO

Pesquisar como a tecnologia pode influenciar no desenvolvimento dos atletas, e por meio de testes e analises dos erros cometidos entre os atletas poderemos retirar uma hipótese se é possível obter melhores resultados.

FOTOS

VÍDEOS

Daniel lance livre
Arthur lance livre

FOTOS APÓS CORREÇÃO DOS ERROS

CONCLUSÃO

A partir de cada arremessador é possível ver que houveram alterações no números de cestas.

Daniel o primeiro a arremessar, conseguiu acertar 5 cestas , isso ocorreu pois ele corrigiu a postura dos pés para poder aumentar o numero de cestas .


Arthur que foi o segundo, conseguiu acertar três cestas aumentando seu numero de cestas, conseguiu realizar as cestas pois conseguiu seguir as recomendações, mesmo não conseguindo incorporar todas as recomendações. O que melhorou o desempenho dele foi flexionar os joelhos.

Lucas também conseguiu melhorar seu desempenho aumentando sua convenção de 2 cestas para três,Lucas conseguiu incorporar quase todas medidas para melhorar, porém faltou a melhora no ângulo do cotovelo.


Podemos concluir, que com o analise de fotos e vídeos, ou seja com o auxilio da tecnologia, o movimento pode ser melhorado. E com a tecnologia o esporte tende a cada vez mais crescer.

INTEGRANTES:

Arthur Madanelo-7;

Daniel Lima-16;

Gustavo Husseini-20;

Lucas Gomide-26;

Tiago Caiado-40.