Sistema circulatório

Ciclo cardíaco e controle do ritmo cardíaco

Integrantes

Bruna Dias- 09

Gabriela França- 21
Luana Ferreira- 33
3ºD

Ciclo cardíaco: sístole e diástole

O coração humano possui quatro cavidades, sendo elas 2 átrios (direita e esquerda) e 2 ventrículos (direito e esquerdo). Entre os átrios e os ventrículos há válvulas que impedem que o sangue circule em direção contrária. Do lado direito, encontramos a válvula tricúspide e do lado esquerdo a válvula mitral.


A contração ventricular é denominada sístole. Nela ocorre a evacuação do sangue dos ventrículos. A cada contração do músculo cardíaco (quando o coração bate), o sangue é bombeado para fora do coração.


Já o relaxamento ventricular é conhecido como diástole. Nesse período os ventrículos recebem sangue dos átrios.

Big image

Controle do Ritmo cardíaco

Nódulo Sino-Atrial

Localizadas no átrio direito, próximo a saída da veia cava superior, encontra-se uma pequena massa de células musculares cardíacas denominadas nó sinoatrial.

Quando estão em repouso, as células musculares cardíacas se despolarizam sem qualquer estímulo externo, gerando um potencial de ação de aproximadamente 80 a 100 vezes por minuto.


Essas células são as principais sintetizadoras de pulsação. Impulsos elétricos do nó sinoatrial se propagam para esta área e a rapidez com que ocorre a descarga do nódulo determina o ritmo para o coração. Por esta razão o nó sinoatrial é considerado o marca-passo cardíaco, determinando a origem do impulso elétrico que irá resultar nas contrações das células musculares cardíacas.


As contrações iniciadas no nódulo sinoatrial se encaminham para as regiões superiores dos átrios e seguem em direção as válvulas atrioventriculares, contribuindo para a movimentação do sangue dos átrios para os ventrículos.

Nódulo Atrio-Ventricular

O músculo cardíaco dos átrios é responsável pela distribuição do impulso produzido pelo nó sinoatrial para as células, determinando sua contração. Porém, o esqueleto fibroso do coração que circunda as aberturas dos ventrículos, não se despolariza. Assim, um impulso transmitido do nó sinoatrial pelos átrios, não pode passar diretamente para o músculo cardíaco dos ventrículos. Resultando na chegada do impulso aos ventrículos por meio de um sistema condutor especializado.

Do nó atrioventricular, células musculares localizadas no interior do septo interatrial, uma pequena quantidade de células musculares cardíacas especializadas, denominado fascículo atrioventricular passa para os ventrículos. O fascículo atrioventricular infiltra-se no septo interventricular, dividindo-se em ramo direito e esquerdo, que descem pelo interior do septo, em direção ao ápice.

Arritmia cardíaca e seu método de correção

Arritmia - O que é isto?