Teoria do Flogístico

Feito por: Blenda Silva, Hannah Dias e Rafaella Silva



"Flogístico" era o nome utilizado para denominar a substância que seria liberada nos processos de combustão. Essa teoria foi desenvolvida por Georg Ernest Stahl. Segundo Stahl, substâncias combustíveis, como carvão, eram ricas em "flogístico" que era liberado durante a combustão. Após a combustão, o que sobrava não continha mais "flogístico" por isso não poderia mais queimar.

A oxidação dos metais também envolvia a transferência de flogístico. Por acaso, a fundição dos metais era consistente com a teoria de flogístico.


Abaixo veja como ocorreu a queda da teoria do flogístico:

A queda do flogístico.