Superbactérias

Como surgiram?

As bactérias

As bactérias são seres vivos unicelulares, se caracterizam por ser células esféricas ou em forma de bastonetes curtos com tamanhos variados, alcançando às vezes micrômetros linearmente. Na maioria das espécies, a proteção da célula é feita por uma camada extremamente resistente, a parede celular, havendo imediatamente abaixo uma membrana citoplasmática que delimita um único compartimento contendo DNA, RNA, proteínas e pequenas moléculas. As superbactérias se diferenciam pela característica marcante de possuir “resistência” aos antibióticos.

Uma possível explicação: neodarwinismo

O Neodarwinismo, que foi capaz de explicar esta resistência, consiste em três bases.




  • Darwinismo: Na seleção natural o meio funciona como uma forma de selecionar os seres vivos mais aptos a sobrevivência em cada contexto particular.
  • Mutação gênica: consiste na alteração hereditária na sequência de bases nitrogenadas do DNA, originando novas versões genéticas, ou seja, novos alelos. Alelos surgidos por mutação – alelos mutantes – podem produzir novas características hereditárias nos indivíduos de uma população. Se uma nova característica mutante conferir alguma vantagem, os portadores do novo alelo terão maiores chances de sobreviver e de se reproduzir, e o alelo mutante tenderá a ser preservado e aumentar em frequência na população.
  • Recombinação gênica: é a mistura de alelos provenientes de indivíduos diferentes que ocorre na reprodução sexuada. Pode ocorrer por meio do crossing over, outra fonte de variabilidade, apenas rearranja informações genéticas já existentes em novas combinações.
  • Mutação cromossômica: é de relevância menos no panorama evolutivo. Consiste em alterações nos cromossomos, capazes de originar novas variedades de indivíduos. Não originam novas versões de genes, mas contribuem para o aparecimento de novas combinações gênicas.



Superbactérias e antibióticos

Quando são administrados antibióticos para combater as superbactérias, as mais frágeis morrem, e as que possuem algum tipo de resistência proveniente da mutação gênica passam esta característica no momento da reprodução, desse modo o meio seleciona as bactérias mais aptas a sobrevivência, no caso, as superbactérias, que adquiriram a resistência hereditariamente. Segundo o médico Drauzio Varella, essa característica pode estar diretamente relacionada com o uso indiscriminado ou incorreto de antibióticos.


Super Bactéria KPC - Tv Globo.flv