The @RJ Journal

Let's Make It Count! - AIESEC no Rio de Janeiro

News #10

Hello! We're Back!

Boa noite, AIESEC no Rio de Janeiro!


Depois de uma 'greve' de newsletter... estamos de volta! Partiu ficar por dentro do que está acontecendo no nosso escritório, no Brasil e no mundo?


Primeiramente, gostaria de dizer que (infelizmente) o projeto de LC ID 2015.1 está chegando ao fim nesse mês (aaaaahhh...). No segundo semestre, vocês receberão as boas novas e os trend topics AIESECos pela maravilhosa Kamilla Bussinger, LC ID Manager eleita para 2015.2.


Segundamente, gostaria de dizer que essa news de fim de projeto está com uma vibe muito Empowering Others. Estamos na reta final do que nos comprometemos a fazer no início do ano, e é hora de dar aquele sprint final. Portanto essa edição é curtinha mas bem importante. Aliás, essa edição da news e a próxima RG (dia 25/06). Importantíssimas!!!


Terceiramente, gostaria de agradecê-los pelo semestre. Foi um 2015.1 in-crí-vel. Vamos lá correr atrás, fazer acontecer para fechar esse ciclo com tudo, e iniciar 2015.2 com o pé direito!


Um beijo a todos,


Magnum Queiroz

LC ID Project Manager

Big image

Everyday Superheroes: Prologue (EBzão 2015.2)

O corpo de liderança da AIESEC no Rio de Janeiro para o próximo semestre já está ciente, mas não custa lembrar: you got a challenge!


Os TLPs eleitos foram desafiados a conseguir no mínimo 8 contratos de host assinados por grupo (grupos que foram definidos no dia da Capacitação de Liderança). Lembrando que a deadline desse desafio é nesta terça-feira (23/06) às 18h. E na semana seguinte o desafio é outro, e assim vamos até a primeira semana de julho.


Pra quem não lembra de como está o placar, segue abaixo:

Bonde do Roxo: 0 pontos

Bananas-da-Terra: 10 pontos

Frozen Team: 25 pontos

República Democrática Pink Monkey: 40 pontos

Sexy Pasta: 125 pontos


Quem será que vai ganhar? Será que tem prêmio para o time vencedor? Será que os desafios vão ficar mais divertidos e emocionantes? Cenas dos próximos capítulos...


Obs.: quem ficou curioso para saber quem está em cada time, perguntem ao EBzão eleito. Perguntem também como chegaram a esses nomes. Histórias bem interessantes... Recomendo.

Host Family (Hospede um Intercambista)

Trainees: pessoas que vão ser impactadas pela experiência de um intercâmbio social no Rio de Janeiro, e que vão voltar mudadas para seus países de origem e mudar o mundo começando de pouquinho. Às vezes esquecemos o impacto do nosso trabalho em meio às jobs do dia-a-dia, não é?


Nesse mês de julho, muitos trainees estarão no Rio de Janeiro vivendo sua experiência AIESECa. Eles poderiam simplesmente vir para a cidade, trabalhar no projeto, curtir um pouco o Rio e voltar. Podiam? Podiam.


Agora, imagina se eles viessem fazer tudo isso e ainda estivessem morando com alguém da cidade? Dando (e se dando) a oportunidade de uma troca cultural e de experiências, para além do que acontece no seu projeto? Imagina que incrível seria se colocássemos um intercambista com uma cultura bem exótica na casa de uma família tipicamente brasileira? Foca no aprendizado e a experiência TOP. Não é?


A AIESEC no Rio de Janeiro proporciona isso para a nossa cidade, através do programa Hospede Um Intercambista! Se você conhece alguém que você super acha que vai gostar de receber um intercambista em casa, FALA PRA ELE DO PROGRAMA! Não precisa ser uma casa com muito conforto, um quarto só para o trainee, nem nada. Basta que atenda necessidades básicas. O importante é dar abrigo e amor <3

Fazendo todo mundo amar a AIESEC

O material Fazendo todo mundo amar a AIESEC, criado pelo time de MKT, tem mais informações e dicas sobre a melhor forma de falar dos nossos programas (Host inclusive) para nossos amigos e conhecidos e família.
Big image

Processo Seletivo 2015.2: sobre amar os candidatos

E na semana que vem começa o Processo Seletivo 2015.2! É na semana do dia 22/06 que damos início à seleção dos Jovens Talentos que entrarão no nosso time e vestirão a camisa @RJ. O time de TM está preparando um processo fantástico (in-crí-vel) que tem duração de uma semana. Uma semana que vai ser, em uma palavra: impactante!


"Ah, mas se eu quiser eu posso ir lá ver o pessoal?"


Pode. Aliás, não pode: deve! É muito legal (e importante) que os membros se engajem com o evento e dêem uma passada lá durante a semana. Seja para bater um papo com eles, encontrar aquela pessoa que você indicou, dar uma conferida no pessoal que TM está selecionando (feedbacks por e-mail), vale a pena ir no evento e dar uma olhada nas carinhas novas que virão compartilhar dessa experiência enriquecedora que é trabalhar aqui, na AIESEC. Pergunta-reflexão: você lembra do seu PSel?


"Top! E onde vai ser?"


Vai ser bem perto do CL: Sala 105B da ECO, Campus Praia Vermelha da UFRJ. Quando? de segunda a sexta, das 15h às 20h.


"Ah, que bad. Não posso ir nessa semana."


Não pode? Não tem problema. O Processo vai ser repetir em mais duas outras semanas, em julho. Traremos mais informações depois. O que interessa é: venham amar os candidatos! Eles precisam, eles merecem. E é, em si, uma experiência interessante assistir ao PSel, hehe.

Indicações

Se ainda quer indicar algum amiguinho que você acha que super tem o perfil da AEISEC, clique aqui.
Big image

Sobre aprender e se reinventar, e sobre TLP

Nossa LC ID Manager eleita, Kamilla, foi atrás do Heitor Donin (meninas, por favor, não encham o feed do rapaz de notificações), PM de Delivery da área de iGIP, para fazer umas perguntinhas para ele sobre sua experiência na AIESEC. Heitor sairá da organização no fim desse projeto. Recomendo a leitura, principalmente para quem foi eleito EBzão e se comprometeu com o desafio do segundo semestre. Essa mini-entrevista é para vocês:


1- Quanto tempo de AIESEC e quantos cargos?

Primeiramente gostaria de dizer que é um prazer responder essas perguntas e contribuir um pouco com a experiência das pessoas na @RJ. Bom, eu entrei na AIESEC em agosto de 2014 e fui membro de Matching/Delivery em GIPi até dezembro quando passei para o cargo de PM de Delivery, também em GIPi.


2- Teve algum momento marcante dentro deste período que você queira compartilhar?

O que mais tenho são momentos marcantes. Acho que por trabalhar diretamente com o desenvolvimento dos nossos trainees facilita com que tenhamos momentos marcantes. Escolhi então, um relacionado mais a experiência TLP para falar. Foi no Plan deste ano. O time de Delivery havia acabado de ser formado e, assim como qualquer um que ocupe um cargo com membros, estava mega empolgado e com um certo medo, sem saber se eu conseguiria impactar positivamente na vida deles. Mas então, durante o evento, uma das meninas do meu time participou tão ativamente e tão comprometida que me deu força, confiança e motivação para fazer o melhor trabalho possível na minha gestão.


3- Se você pudesse dar algum conselho a alguém que acaba assumir uma posição de liderança dentro da AIESEC, qual seria?

Caia de cabeça. Se você chegou até aqui, se você acreditou nos valores da AIESEC, se o EB te deu esse voto de confiança, faça valer a pena. Você irá aprender muito, é algo inimaginável. Mas para isso você deve estar focado e disposto. Lembrem-se que um dos motivos para vocês estarem na AIESEC é para o desenvolvimento pessoal e profissional. Essa é a chance de fazer, de errar, de corrigir, de aprender... Não se esqueçam que o mercado é competitivo, faça sempre o melhor, busque sempre a excelência, preocupe-se com a organização, com as pessoas que você gosta e com as que não gosta também. Você faz o seu destino, a sorte acompanha aqueles que são dedicados!


4- Como você avalia o seu projeto, agora que estamos na reta final?

Eu avalio entre bom e ótimo. No começo não tivemos muitas entregas, foi um começo de ano difícil e, principalmente para Delivery, o trabalho cai muito quando não temos números e com isso começam os problemas como desmotivação, desorganização, entre outros. Porém, são nos momentos difíceis que devemos respirar e pensar ainda mais aonde estão as oportunidades. Nossa área vinha em uma melhoria continua, porém devido ao intenso trabalho no segundo semestre de 2014, não conseguimos focar em alguns pontos essenciais para o desenvolvimento de Delivery. Essa foi a oportunidade que eu precisava. Quando para muitos era um momento de “crise”, para nós foi um momento de desenvolvimento. Isso eu posso afirmar que levarei para o resto da minha vida. O meu objetivo então era claro, focar em “acelerar” essa melhoria de Delivery para que a próxima gestão pudesse se preocupar mais com números. Felizmente conseguimos chegar no final da minha gestão de PM com mais de 95% dos trabalhos concluídos, área rodando bem e com uma pessoa muito capacitada para ocupar o cargo.


5- Para finalizar, quem era o Heitor antes de entrar na AIESEC e quem é o Heitor agora? Você se sente mais capaz de embarcar em novos desafios?

Com certeza depois da AIESEC me tornei uma pessoa que encara desafios com muito mais vontade e confiança. Aprendi que o tempo pode ser otimizado, mas tem seus limites. Vi que, por mais que as pessoas sejam diferentes, elas são iguais. Aprendi a ouvir mais os outros, aceitar que nem sempre a sua é a melhor ideia e que, mesmo que ela seja a melhor, vale a pena deixa-la de lado para um bem maior. Bom, essas foram algumas das muitas coisas que aprendi, desenvolvi e descobri na AIESEC.


6- Quer deixar um recadinho para alguém?

Se eu fosse mandar um recadinho para cada um que eu quisesse só terminaria amanhã... Hahaha. Pessoas como Julia Trotta, Vini, Carol Cavour, Lara, William e Julia Ricciolini me sinto na obrigação de citar e dizer um enorme obrigado e que o objetivo de vocês em impactar na vida das pessoas foi cumprido, pelo menos comigo.

Big image

Algumas notícias desses últimos dias:


Justiça bloqueia R$ 20 mi de alvos da 14ª fase da Lava Jato

A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 20 milhões dos presidentes e de executivos da Odebrecht e da Andrade Gutierrez, empreiteiras investigadas pela Operação Lava Jato. Saiba mais.


Cientistas elaboram vacina que gera anticorpos do HIV em ratos

Cientistas avançam mais um passo rumo à elaboração da vacina contra Aids. Pesquisadores americanos criaram dose experimental capaz de gerar anticorpos do HIV em ratos. Saiba mais.


"Me sinto um monstro", diz homem preso por degolar a própria mulher

Acusado disse que matou a esposa por problemas conjugais e financeiros e está arrependido; casal vivia junto há dez anos. Saiba mais.


Vítima de intolerância religiosa, menina de 11 anos é apedrejada na saída de culto de candomblé no Rio

Uma menina de 11 anos foi ferida com uma pedra na cabeça ao deixar um culto de candomblé na Penha, zona norte do Rio de Janeiro. Segundo testemunhas, K.D.T. foi vítima de intolerância religiosa por supostos evangélicos. Com a pedrada, a jovem chegou a desmaiar e perder momentaneamente a memória. Saiba mais

Próximos Eventos

Próxima RG

Thursday, June 25th, 5pm

Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro - State of Rio de Janeiro, Brazil

Rio de Janeiro, RJ

RG over importante! Não. Dá. Pra. Perder. Apenas.

CONADE

Monday, July 13th, 9am to Sunday, July 19th, 11pm

State of São Paulo, Brazil

SP

Conferência nacional voltada para as lideranças da AIESEC no Brasil, e a primeiríssima do MC 15/16!

REPLAN

Saturday, Aug. 1st, 9am to Sunday, Aug. 2nd, 11pm

State of Rio de Janeiro, Brazil

RJ

Terceira conferência local da AIESEC no Rio de Janeiro, e a conferência que marca o início do segundo semestre!