Anatomia do Coração

<3

Big image

Anatomia externa do coração

O Coração pode ser dividido externamente em base, ápice e faces. Imaginando o Coração como uma pirâmide invertida, o ápice é o Ventrículo Esquerdo, a Base os átrios Direito e Esquerdo. As faces são: esternocostal (ou anterior), representada pelo Ventrículo Direito; diafragmática (ou inferior), representada pelo Ventrículo Esquerdo e parcialmente pelo Ventrículo Direito; Face Pulmonar Esquerda, representada pelo Ventrículo Esquerdo; Face Pulmonar Direita, representada pelo Átrio Direito. O Coração também possui 4 margens: Superior, delimitada pelos átrios e aurículas Direita e Esquerda, aorta ascendente, tronco pulmonar e veia cava superior; Inferior, delimitada pelos ventrículos Direito e Esquerdo; Direita, delimitada pelo átrio Direito; Esquerda, delimitada pelos ventrículo Esquerdo e aurícula Esquerda.
Anatomia do coração

Anatomia interna do coração

No interior do coração existem dois septos de tecido muscular e membranoso, um vertical e um horizontal, os quais determinam quatro compartimentos cardíacos diferentes. O septo vertical atravessa o coração desde a sua base até cima e divide-o em duas metades, a direita e a esquerda, normalmente incomunicáveis entre si. O septo horizontal, por seu lado, separa as duas cavidades superiores, denominadas aurículas, dos compartimentos inferiores, designados ventrículos, mas apresenta orifícios que permitem a comunicação das aurículas com o ventrículo do seu lado. Aurículas. As duas aurículas ocupam apenas uma pequena porção do coração e estão situadas na parte superior do órgão. Estão separadas entre si pelo septo vertical, designado de septo interauricular, e dos respectivos ventrículos pelo septo horizontal, denominado septo auriculoventricular. A sua missão é acolher o sangue que lhes chega através das veias, desde os pulmões e restante organismo, para imediatamente impulsioná-lo para os respectivos ventrículos. A aurícula direita apresenta dois orifícios por onde entram a veia cava superior e a veia cava inferior, que conduzem o sangue pobre em oxigênio, proveniente de todo o organismo, para o coração. A parte inferior comunica com o ventrículo direito através de um orifício composto por uma válvula que apenas deixa passar o sangue em direção ao ventrículo.A aurícula esquerda apresenta quatro pequenos orifícios, por onde entram as quatro veias pulmonares que trazem para o coração o sangue já oxigenado nos pulmões. A parte inferior comunica com o ventrículo esquerdo através de um orifício igualmente composto por uma válvula unidirecional. Ventrículos. Os dois ventrículos constituem grande parte do coração e estão situados na parte inferior do órgão, separados entre si pelo septo vertical, que aqui se designa septo interventricular. A sua missão é receber o sangue das respectivas aurículas, de modo a impulsioná-lo imediatamente para as artérias que o levarão até aos pulmões e a todo o organismo. Cada um dos ventrículos está separado da aurícula do seu lado pelo septo horizontal, comunicando entre si pela correspondente válvula.O ventrículo direito apresenta um orifício de saída que comunica com a artéria pulmonar, a qual pouco depois de abandonar o coração se divide em duas ramificações, encarregues de transportar o sangue pobre em oxigênio até aos dois pulmões para que se abasteça deste precioso gás. O ventrículo esquerdo, o maior e com paredes mais musculosas, apresenta um orifício de saída que comunica com a artéria aorta, na qual entra o sangue previamente oxigenado nos pulmões para, então, ser levado a todo o organismo.
Anatomia -coração

Fluxo sanguíneo no coração

How a Normal Heart Pumps Blood -- The Children's Hospital of Philadelphia